Conhecendo a Comunicação Visual através do Totem

Entre as várias maneiras de divulgar sua  empresa, o totem está  entre  as  melhores formas de  comunicação visual para  expor  sua  marca, por ser um produto que  permite  sua  visualização em até  360 graus. Desde as formas  mais  básicas  até  as  mais  elaboradas, a capacidade  de  customização da  peça  é  muito grande e  permite o desenvolvimento do design criativo e de fácil execução do projeto.

A  versatilidade do totem permite a implementação de iluminação  interna e  é  geralmente  utilizado para valorização da marca e sinalização da mesma, podendo também fazer  uso de  diversos tipos  de  materiais.

Variações de  Totens

Atualmente, as principais  formas  de  comunicação visual de  totens podem ser classificadas em 4 segmentos:

– Totem publicitário em Acabamento Leitoso: é  um material básico e  pode  ser utilizado em diversos tipos  de  propaganda. É o tipo ideal de totem  para  quem está  começando a  investir nesse  tipo de material.

-Totem Publicitário Iluminado: é  um totem um pouco mais  sofisticado e  atraente, pois  mostra-se  mais  chamativo por causa da iluminação. Ele  é  um pouco mais  caro comparado ao leitoso, mas obtém maior  destaque.

-Totem publicitário em Giz: Uma opção diferenciada muito usada para  quem busca  um visual mais vintage ou algo mais descontraído. Este  produto permite que o cliente mude a  mensagem de  acordo com sua necessidade, além de  dar um toque  pessoal e artístico na  divulgação da marca. Para quem tem por  objetivo atingir um público jovem ou tenha  uma  temática  retrô, este é  o material mais  indicado.

– Painel Publicitário: Este é o modelo mais versátil e fácil de usar. Possui uma  estrutura  em alumínio funcionando como um painel móvel, sem ter dificuldades para instalação, podendo ser  facilmente exibido. Outra  vantagem é que  o produto permite a troca de mensagem da campanha.

Seja qual for a sua escolha, saiba  que o totem é a ferramenta  ideal para  divulgação do seu negócio.

You might like

About the Author: Fernando Negrini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *